Os Anzois

O anzol é a ligação entre a nossa linha e a boca do peixe dependendo dele e do seu formato o sucesso ou não da pescaria, evidente que como já foi dito antes a pesca não é uma ciência exacta em que respeitando todos os promenores nos seja garantido o sucesso mas ao longo do tempo apercebemo-nos da importância dos promenores. Assim sendo apercebemo-nos de que a aprendizagem é constante e que o quanto mais aprimorados formos na utilizaçõa de técnicas e materiais mais bem sucedidos somos nas nossas pescarias. Como exemplo pode-se mencionar uma das frases que todos nós já ouvimos da boca de pescadores "O peixe come o isco todo e não fica no anzol". Trocar o anzol pode ser uma decisiva e grande solução para a melhoria dos resultados. Existem ainda alguns factores importantes como: Tamanho- Este está relacionado com o tipo de peixe que estamos a pescar (boca pequena anzol pequeno, boca grande anzol grande). Espessura- A espessura está relacionada com a resistência fisica do anzol. Bico e barbela- É vulgar a passagem nas rochas ou nofundo deteriorar e até mesmo trocer o bico do anzol. Temos que ter sempre presente que um anzol que não esteja afiado provávelmente nos vai fazer perder peixe por não se conseguir cravar. Além deste promenor temos ainda que verificar que não usamos anzois com ferrugem pois também estes não vão ter a mesma eficiência. A Cor não é um factor tão importante como os anteriores mas se pensarmos em carapau por exemplo ganha toda a importancia pois este peixe é atraído pelo brilho. Por outro lado existem outras espécies que se virem o brilho se tornarão desconfiadas. Geralmente os anzois São fabricados em aço com alto teor de carbono e recebem um tratamento para serem resistentes á corrosão.

 

Partes em que se divide um anzol

 

 

-Ponta

-Curvatura

-Haste

-Olhal

-Barbela

-Garganta 

-Abertura

Angulo do Olhal

 

 

-Fechado

-Recto

-Aberto

Formato do Olhal

 

 

-Argola (Aceita quase todo o tipo de nós)

-Agulha (Usado para pesca oceânica)

-Pata (Transmite mais sensibilidade á linha)

Tipo de Haste 

 

 

-Longa

-Standard

-Curta

-Standard Farpada

Medida do Anzol

 

 

 

 

 

O tamanho de um anzol varia de fabricante para fabricante mas a escala mais comum é a da Mustad.

O tamanho do anzol é inversamente proporcional á numeração, até o número 1. A partir deste tamanho, a razão é proporcional e a numeração é acrescida do /0.

 

Tipos de Anzois

 

Bait holder: Facilitam a fixação da isca por possuir farpas na haste.

 

 

Beak: Muito resistente e de fisgada firme.

 

 

Bowed: Alta resistência e fisgada bastante profunda.

 

 

Carslile: Possui a haste longa (também chamado de pata longa) sendo recomendado para peixes com dentes e de mordida forte (evita que a linha seja cortada)

 

 

Carp hook: Muito usado na pesca de carpas, o seu formato facilita a fixação de iscas do tipo massa.

 

 

Crystal: Facilita a captura de peixes de boca pequena.

 

Garatéia: É feito a partir da união de três  anzóis.Geralmente equipa as iscas artificiais.

 

Haste curta reforçado: Feito de material muito reforçado.

 

Japoneses: Oferecem excelente fisgada,são os mais usados em competições.

 

Octopus: Usados para pesca com iscas tipo massa.

 

 

Kirby: Usados para iscas vivas

 

 

 

Para minhoca artificial: Possuem a haste dobrada, o que facilita a fixação de  iscas como minhocas e iscas de silicone.

 

Para pesca oceânica: São forjados e não dobrados, possuem elevada resistência. As argolas são do tipo agulha e são soldadas ao corpo do anzol.

 

Round: Tem abertura maior o que proporciona fisgadas profundas, muito usado na pesca de praia e para a captura de peixes pequenos.

 

Wide gap: Usado para a pesca com iscas vivas. Mantém a isca viva por mais tempo e com maior mobilidade.

 

 

Circle Hoock:  A forma é realmente desenhada para pegar os peixes no canto da boca facilitando a retirada do anzol.

<< Voltar a Equipamento >>